(44) 3224-1560
FAQ - Dúvidas frequentes

Sim, quando descoberto o foco e o tipo de cupim. As aplicações para a descupinização devem ser adequadas, no entanto, devemos certificar se há mais focos ou ramificações na edificação, e fazer tratamento preventivo, uma vez que os produtos cupinicidas têm um período de validade ou efeito controlador.

Existem para a desratização os produtos tóxicos e atóxicos. As formulações raticidas são basicamente duas linhas: as de Dose Única e as de Dose Acumulativa, todas apresentadas em diversas formas. Ex.: Iscas, Pó de Contato.

Existem as Placas Adesivas que são produtos à base de cola atóxica, recomendadas para ambientes sensíveis.

Existem inúmeras formulações para descupinização no mercado: líquidas, pó, iscas, etc. Uma empresa de descupinização deve utilizar somente produtos registrados e autorizados pela Vigilância Sanitária a serem utilizados em ambientes específicos e observando a praga alvo.

Existem inúmeras formulações para dedetizar no mercado, entre essas: líquidas, pó, micro-encapsulados, iscas, géis. Uma empresa especializada em dedetização deve utilizar somente produtos registrados e autorizados pela Vigilância Sanitária a serem utilizados em ambientes específicos.

A dedetização aconselhável é a aplicação com gel. Caso seja necessária aplicação com Pulverização, deve-se retirar o animal por algumas horas.

  • Aplicação de iscas atrativas
  • Aplicação de Pó de Contato
  • Placa adesivas
  • Armadilhas
  • Barreiras físicas

O tratamento de descupinização tem relação direta com a espécie de cupins (praga alvo). Exemplo: cupim de madeira seca; brocas de madeira; cupim de solo; cupim arbóreo. 

  • Tratamento de madeiramento – injeção
  • Tratamento de madeiramento - em contato com alvenaria (cupim de solo)
  • Barreira Química (cupim de solo)
  • Expurgo (cupim de madeira seca ou brocas)
  • Iscas (cupim de solo)
  • Pincelamento (cupim de madeira seca e broca)
  • Polvilhamento em dutos de energia (cupim de solo)
  • Pulverização líquida (spray)
  • Micropulverização UBV (Ultra Baixo Volume)
  • Nebulização
  • Aplicação de Gel
  • Pincelamento
  • Fumigação (Expurgo)

Descupinização é o tratamento dado às infestações de cupins. Vale salientar que para cada espécie de cupim existe um tratamento específico.

O tratamento de dedetização com massa não é mais utilizado, foi substituído pelo tratamento com géis que são formulações (produtos) registradas na Secretaria da Saúde (ANVISA), e recomendado para ambientes com riscos de contaminação ou circulação de pessoas, etc.

O Controle de Pragas é o tratamento por meios físicos, inseticidas ou biológicos destas infestações aos níveis tolerados ou recomendados. Como o próprio nome diz, Controle de Pragas são ações periódicas nos locais onde foram detectadas as infestações ou ainda em outros locais como prevenção, afim de que haja um raio de proteção contra as pragas.

Os insetos sempre existiram e tem um papel benéfico na natureza, o homem é que causou um desequilíbrio no meio ambiente, a relação de autocontrole foi perdida causando o aumento de espécies dominantes e extinção de outras. As doenças, danos e prejuízos causados pelo crescimento da população de insetos os transformam em pragas.

A dedetização com Aplicação em Gel não oferece nenhum risco. Caso seja necessário dedetizar com Pulverização, deve-se desocupar o local por algumas horas. No caso de idosos recomenda-se o mínimo de 12 horas.

Sim. O cupim de armário (ou cupim de madeira seca) é específico à peça, ou seja, está na peça. Já o cupim de edificação (ou cupim de solo) tem sua colônia em um ponto qualquer da edificação ou às vezes fora, e para um tratamento correto terá que ser analisado por uma empresa especializada.

Quando for necessária uma dedetização à base de pulverização spray, sendo que existem produtos com graus de toxidades diferentes e para alguns recomendam-se algumas horas somente. Lembramos que para cada local deve ser analisado seu grau de risco e a devida formulação para dedetizar.

Não. Uma empresa especializada em dedetização fornecerá alternativas de tratamento nestes casos. Temos de observar sempre a praga alvo. Ex.: Inseto alvo (barata; formigas) em vez de tratamento com pulverização em spray, usa-se aplicações em gel com excelentes resultados.

A dedetização com Aplicação em Gel não oferece nenhum risco. Caso seja necessária uma dedetização com Pulverização, deve-se desocupar o local por algumas horas, no caso de recém-nascidos, 12 horas.